; após trezentos e quarenta e sete dias juntos, começas a dar alguns sinais de exaustão emocional em relação a mim, e isso assusta-me, bastante mesmo . e eu sei que não sou, nem nunca fui, a melhor namorada do mundo, sei que nem sempre consigo ser capaz de calar os medos que tomam conta de ti, sei que sou uma orgulhosa, uma amuada, uma errante consecutiva, e que mesmo sentindo mil mundos dentro de mim, em relação a ti, só sou capaz de te mostrar uma cidade, mas eu juro, de coração inteiro mesmo, que eu estou a dar tudo de mim para que nunca te arrependas de todas as vezes que deste o braço a torcer para que as coisas ficassem bem, de teres esperado por mim, de nunca teres desistido de nós por mais motivos que te desse para que o fizesses, de me teres escolhido para viver e aprender tudo o que ainda não conhecias, de teres abdicado de tanta coisa por nós, de teres agarrado na minha mão e me apresentares ao teu mundo e ás pessoas que sempre fizeram parte dele como sendo a mulher da tua vida (...) e quer acredites, quer não, todos os dias, no silêncio da nossa noite, eu sussurro e suplico á Lua para que tudo se mantenha assim, para que nunca desapareças da minha vida e eu tenha que aprender a (sobre)viver sem ti do meu lado, porque, muito sinceramente, NUNCA seria capaz de o fazer, NUNCA mesmo . porque tu és, como sempre foste, mais, muito mais, que um namorado em mim, és o meu melhor amigo, és o meu porto de abrigo, és a minha essência, és a minha melodia, és o meu sorriso, és as minhas lágrimas, és os meus sonhos, és a minha vida . e se em qualquer circunstância duvidares do que eu sinto, lembra-te de cada segundo nosso, lembra-te do verão, do inverno, da primavera e até mesmo do outono. lembra-te dos segredos, das brincadeiras, das discussões, dos amuos, das provas, dos sonhos, dos beijinhos, dos abraços, da família, das noites, das manhãs, dos domingos, dos sábados, lembra-te simplesmente de nós e lembra-te que nunca, NUNCA, serei capaz de amar ninguém como te amo a ti, porque aquilo que eu sinto, já não é nem sequer humanamente possível de descrever, porque ultrapassa todas as capacidades temporais e sentimentais do mundo, porque simplesmente, eu existo de e por ti , e isso, dentro de mim, jamais irá mudar ! *

1 comentário:

  1. vem ver o meu blog e informa-te sobre a nova loja online que abri, com coisas novinhas em primeira mão! :)

    http://fcostaatlover.blogspot.pt/2012/05/nadaadizer-pt65.html

    ResponderEliminar